<<< home

 

projetos





Projeto "Cinema no Rio São Francisco"

visite o site: www.cinemanorio.com.br .

O Cinema no Rio é um projeto que exibe filmes nacionais em comunidades ribeirinhas do rio São Francisco, desde 2004. Nesses quatro anos de existência, já levou o cinema a municípios dos estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

Além de visar a democratização do cinema, o projeto possui uma equipe que se distribui de maneira a possibilitar sua interação com as pessoas das cidades.

As exibições de filmes em 35mm são antecedidas de um vídeo feito em torno de depoimentos e impressões dos moradores da comunidade onde está acontecendo a sessão.

O Cinema no Rio também assume uma função de pesquisa. A equipe do projeto faz um levantamento das manifestações artísticas e culturais de cada comunidade visitada. São registradas as peculiaridades e expressões locais. Uma das frentes de pesquisa, registra imagens das comunidades, seu espaço e seus moradores através da fotografia. Ao mesmo tempo, é realizado um levantamento de fotos antigas pertencentes aos próprios moradores para a composição do acervo do projeto. Há também o interesse em efetuar um estudo específico da culinária típica da população ribeirinha. A pesquisa antropológica, por sua vez, tem o papel de fazer um contato inicial com a população para ouvir suas histórias.

O Projeto também propõe uma Oficina: Imagem em Movimento. Esta explica o princípio básico do cinema através da confecção de dois brinquedos ópticos o Traumatrópio e o Fkip-book.

O Cinema no Rio São Francisco dissemina a linguagem cinematográfica, em especial a produção brasileira, além do que, revela os mistérios do cinema em segmentos populacionais carentes de informação, cultura e lazer de qualidade.

 

Projeto "Cinema nos Trilhos"

O Cinema nos Trilhos acontece desde 2005 em parceria com a Fundação Vale. O projeto promove sessões de cinema em cidades localizadas ao longo de ferrovias, em especial a Estrada de Ferro Carajás, a Estrada de Ferro Vitória-Minas e a Ferrovia Centro Atlântica. Em três edições concluídas, os estados do Maranhão, Pará, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia e Goiás tiveram a oportunidade de conhecer a magia do cinema, por meio do Cinema nos Trilhos. Por isso, um dos principais focos do projeto é a conscientização da segurança dos trens, e dos riscos de caminhar próximo aos trilhos.

As exibições de filmes em 35mm são antecedidas de um vídeo institucional da Fundação Vale, em que a conscientização da segurança nas ferrovias é ressaltada, e um vídeo feito em torno de depoimentos e impressões dos moradores da comunidade onde está acontecendo a sessão.

O Cinema nos Trilhos, também assume uma função de pesquisa. A equipe do projeto faz um levantamento das manifestações artísticas e culturais de cada comunidade visitada, e antes de cada sessão acontece uma apresentação cultural. Uma das frentes de pesquisa, formada por um repórter fotográfico, registra imagens da comunidade, seu espaço e seus moradores. Outra equipe realiza um levantamento de fotos antigas pertencentes aos próprios moradores para a composição do acervo do projeto. A pesquisa antropológica, por sua vez, tem o papel de fazer um contato inicial com a população para ouvir suas histórias.

Além de oferecer exibições gratuitas de cinema ao ar livre, o projeto também promove oficinas de arte-educação, que apresentam os passos básicos da imagem em movimento para professores da rede pública de ensino. Esta atividade também é oferecida para crianças e adolescentes.

O Projeto foi reconhecido e premiado em 2007, ano em que a Fundação Vale recebeu Prêmio Aberje - Nacional e Regional (NORTE e NORDESTE) na Categoria Comunicação e Relacionamento com a Comunidade.

O Cinema nos Trilhos dissemina a linguagem cinematográfica ao desvendar os mistérios do cinema em segmentos populacionais carentes de informação, cultura e lazer de qualidade.


   





 
       

<<ampliar >>

<<ampliar >>

<<ampliar >>

+ veja mais fotos >>>

Projeto "Cinema nos Trilhos"
     
       
             
       

<<ampliar >>

<<ampliar >>

<<ampliar >>

+ veja mais fotos >>>